4 Dicas Matadoras Para Iniciantes Em Marketing Por E-mail

Basta navegar na internet por alguns minutos que você vai encontrar um anúncio, seja por meio de uma rede social, como o Facebook, um site ou blog no qual você lê algum texto ou na sua caixa de e-mail.

No meio de tantos anúncios encontrados na internet, quer você queira ou não, o e-mail é a ferramenta que disponibiliza ao usuário maior controle, através da caixa de entrada e de outros recursos.

Assim, dentro da plataforma de e-mail o usuário pode decidir por receber, não receber ou denunciar o seu e-mail como SPAM.

Neste artigo, preparei para você algumas dicas para que comece a escrever seu e-mail marketing a partir de hoje e evite que a primeira decisão do destinatário do seu e-mail seja optar por não recebe-los mais.

Então, se você está pensando em incorporar nas suas estratégias de negócio o marketing por e-mail, precisa ler isso antes!

Confira nos pontos a seguir:

Vale a pena investir em marketing por e-mail?

Sejam quais forem os motivos que te levaram a trilhar o caminho do marketing por e-mail, uma informação essencial é que essa é uma das estratégias mais baratas de conversão em vendas.

É claro que o valor a ser investido pode variar segundo o modelo do seu negócio, o tipo de produto ou o perfil do seu público alvo.

Segundo a Direct Marketing Association, as estratégias de e-mail marketing tem um retorno estimado de US$ 43,62 para cada dólar investido.  

Já segundo pesquisa realizada pela DBS Data, as estratégias de e-mail marketing tem um retorno estimado de US$ 38 para cada dólar investido.

Outro elemento atual e impactante que beneficia a utilização do marketing por e-mail quando comparado com outras estratégias é que a sua comunicação passa a ser direta, o e-mail vai direto para a caixa de entrada do destinatário, o que não ocorre com as redes sociais, por exemplo.

Por último, mas não menos importante, mensurar os resultados obtidos através do marketing por e-mail é relativamente fácil, tendo algumas métricas que são extremamente relevantes a saber a quantidade de pessoas que abriram o e-mail, quantas clicaram na oferta e quantas adquiriram o que você vende.

Assim, vale a pena investir em marketing por e-mail.

Consiga permissão para enviar o seu e-mail:

Não adianta nada ficar enviando inúmeros e-mails para pessoas que não tem o mínimo interesse no produto ou serviço que você quer vender ou no conteúdo que você está fornecendo.

Outra estratégia que não é viável é comprar listas de e-mail, não sugiro que você faça isso.

Nessas duas situações, além de poder ser denunciado por spam, o disparo de e-mail para pessoas que não optaram por fazer parte da sua lista, normalmente não gera os resultados esperados, acabando por ser uma perda de tempo.

– Utilize os e-mails que sua empresa já tem

Grande parte das empresas já tem alguns contatos, se você está inclusa dentro deste perfil, pode utilizar esses contatos para montar sua lista de e-mail. Assim, basta pensar nas pessoas com quem você já estabeleceu algum tipo de contato comercial, como por exemplo, clientes, fornecedores, parceiros, outras empresas, etc.

De todo modo, é fundamental que as pessoas para as quais você encaminhará seus e-mails tenham escolhido recebê-los.

Como aumentar a sua lista de e-mail através da segmentação de lista

Agora que você já sabe que é importante construir uma lista de e-mails, saiba que essa lista precisa ser eficiente e para atingir esse objetivo é necessário realizar uma segmentação adequada.

Segmentar sua lista de e-mail é um método de dividir seus “inscritos” em grupos menores com base em determinados critérios, com o objetivo de enviar e-mails mais personalizados e relevantes.

A ideia é permitir que todos os e-mails que você envia não sejam transmitidos para a sua lista de forma integral, por meio da segmentação você pode encaminhar e-mails precisos que traduzam interesses ou necessidades dos usuários, gerando um índice maior de conversão.

Comprovadamente, quando você realiza a segmentação de listas de e-mails a sua taxa de abertura de e-mail vai aumentar, as taxas de cliques também e as taxas de cancelamento de inscrição vão diminuir, melhorando drasticamente a eficácia de suas campanhas de e-mail.

Outro ponto fundamental dentro da segmentação é conhecer o seu público-alvo, para isso é importante correr atrás de dados. Estes podem vir com o tempo, a partir do momento que enviar sua primeira campanha.

O Google Analytics ou o Facebook Insights são ótimas fontes para futuras campanhas, fica a dica.

Lista:

  • Novos assinantes;
  • Preferências do público-alvo;
  • Interesses;
  • Localização
  • Taxa de abertura;
  • Inatividade;
  • Imã de chumbo;

Existem diversas outras maneiras de segmentar a sua lista de e-mail, inclusive o seu público-alvo, aqui apenas apresentamos alguns critérios que podem ser postos em prática desde já.

Por fim, seja organizado. De nada adianta realizar o que foi sugerido aqui e ser extremamente desorganizado.

Mantenha o foco no objetivo de cada campanhas de e-mail marketing

Manter foco no objetivo é de suma importância para o sucesso. Assim, você deve decidir qual tipo de e-mail marketing que será enviado e qual o tipo de campanha será realizada.

Vai ser um e-mail como homenagem de aniversário (se baseia na data de aniversário do inscrito), um e-mail com base em ação (se baseia na ação recente que o consumidor realizou no seu site), um e-mail com base em um relacionamento anterior (uma compra por exemplo, ou a assinatura para receber newsletter) ou qualquer outro tipo de e-mail.

A mesma regra vale para as campanhas, escolha o tipo de campanha que deseja enviar. Será um newsletter, encaminhada com periodicidade? Uma oferta de marketing, um convite para um evento ou uma pesquisa? Essa decisão caberá a você.

Melhorando os resultados do seu e-mail marketing

  • Uma dica preciosa quando se fala em melhorar resultados é a utilização de técnicas de copywriting, que é uma espécie de arte de produzir conteúdos extraordinários com  finalide de promover a venda de um produto ou serviço.

No copywriting, você deve criar no destinatário o desejo em ler seu conteúdo. Então será utilizado algum gancho que prenda o seu interesse, mas que também não gere nenhum desconforto nele.

O ideal é escrever uma mensagem persuasiva, que desperte o senso de necessidade do destinatário ou o seu senso de urgência. Assim, ele ficará tentado a ler o seu conteúdo e poderá, caso tenha interesse, adquirir algum produto ou serviço que você tem a intenção de vender.

  • Outro ponto importante é o design do e-mail, este é fundamental em qualquer campanha de e-mail marketing, Se seus e-mails são apresentados de forma mal estruturada e até mesmo feia, isso pode causar reflexos negativos, como, por exemplo, o cancelamento da inscrição.

Mas, se por um lado é importante que o design do e-mail seja bem elaborado, por outro não é necessário exagerar. Aqui você deve levar em consideração, a todo tempo, qual é o perfil do público que você está enviando este e-mail e mais, a qual segmento este público pertence.

  • Principalmente quando você está começando a trabalhar com marketing por e-mail é fácil cometer um ou outro erro e, realizar testes antes e durante o disparo de e-mails vai te auxiliar a usar o tempo a seu favor.

Quando eu digo que os testes devem ser realizados, não estou simplesmente dizendo a você que realize um teste em uma hora ou outra. Na verdade, tudo deve ser testado: o design e layout, e-mail marketing, as linhas de assunto e calls to action, dentre outras coisas. Considere testar e-mails com segmentos diferentes e experimentar também os tempos de envio de e-mail.

Além disso, você pode monitorar e analisar o e-mail do seu provedor de serviços, levando em consideração a quantidade de aberturas, cliques, cancelamentos, encaminhamentos, dentre outras métricas.

Essa atitude possibilitará que você descubra o que está dando certo ou não nas suas campanhas de marketing por e-mail e nos e-mails enviados.

  • Por último, experimente realizar disparos de e-mail marketing para os segmentos da sua lista em períodos diferentes a fim de saber qual é o melhor horário para que você se comunique com eles.

Quanto mais refinado forem os testes que você realizar, mais eficazes serão os dados obtidos, possibilitando ganhar resultados melhores com o passar do tempo.

Conclusão

O marketing por e-mail é uma estratégia extremamente barata. Os estudos realizados pela Direct Marketing Association e DBS Data comprovam isso, quando constataram que em média a cada dólar gasto em campanhas de marketing por e-mail se tem um retorno de US$ 43,62.

Se você quer dar seus primeiros passos no marketing por e-mail é fundamental seguir atentamente estas dicas:

. Consiga permissão para enviar o seu e-mail;

. Utilize os e-mails que sua empresa já tem

. Mantenha o foco no objetivo de cada campanhas de e-mail marketing

. Como aumentar a sua lista de e-mail através da segmentação de lista;

. Melhorando os resultados do seu e-mail marketing.

Se você gostou deste artigo, fique atento, pois publicamos artigos de forma recorrente a respeito de e-mail marketing.

Espero ter ajudado!

Deixe uma resposta

Fechar Menu