8 Dicas Para Escrever Um E-mail Marketing Utilizando Copywriting

Foi realizada pesquisa em empresas com faturamento anual inferior a 100 milhões de dólares, pela a WBR digital em parceria com a Emarsys, entre fevereiro e março de 2016.

Após entrevistar 254 funcionários, a análise ressaltou que nenhum outro canal de marketing impulsiona mais a aquisição e retenção de clientes do que do e-mail, incluindo mídias sociais, pesquisas pagas ou pesquisas orgânicas.

Nesse contexto, diversos empreendedores buscam aprimorar os resultados obtidos nas campanhas de e-mail marketing utilizando as técnicas de copywriting.

A princípio, implantar uma estratégia de e-mail marketing utilizando copywriting parece difícil, mas isso é apenas uma primeira impressão.

A chave para escrever um ótimo e-mail utilizando copywriting é a simplicidade.

Neste texto, vou te mostrar algumas práticas recomendadas de copywriting que você deve aplicar.

Dica 1 | Cuide Da Sua Linha De Assunto E Da Pré-Visualização

Quando o destinatário receber seu e-mail na caixa de mensagem, o primeiro elemento que será visualizado é o título: a linha de assunto.

Uma boa linha de assunto pode ser o diferencial que fará com que os destinatários do e-mail venham a abrir, excluir ou denunciar como spam o e-mail enviado.

O ideal é que a linha de assunto seja clara e desperte no leitor alguma emoção, como urgência, curiosidade, necessidade, etc. Também podem ser abordadas na linha de assunto ofertas, promoções, benefícios do produto ou serviço oferecido.

É claro que este é apenas o primeiro passo. Não podemos colocar todo o resultado esperado apenas na linha de assunto, embora ela seja importante. Por fim, você normalmente deve limitar suas linhas de assunto a 30 caracteres ou menos.

Outro ponto importante é o texto de pré-visualização, a parte do texto que informa mais aos assinantes sobre o conteúdo do seu e-mail e que mostra a primeira linha do e-mail.

Assim, a pré-visualização ajuda a ter mais controle sobre qual conteúdo será visto após a sua linha de assunto.

Uma prática recomendada é deixar as informações mais importantes na sua linha de assunto e no texto que aparecerá na pré-visualização com o objetivo de reforçar ou continuar o conteúdo mencionado na linha de assunto.

Neste momento, é importante não conter instruções ou links que não possam ser clicados para seus perfis de mídias sociais.

Portanto, é fundamental utilizar bem a linha de assunto e a pré-visualização. Essas práticas podem aumentar a taxa de abertura dos seus e-mails.

Dica 2 |Evite Ser Considerado Um Spam

Ainda no que diz respeito a linha de assunto, é importante evitar que o seu e-mail seja considerado um spam. Assim, é necessário não utilizar inúmeros pontos de exclamação e evitar palavras que disparam spam (perca peso, ganhe dinheiro rápido, etc.).

Dica 3 | Tenha Uma Visão Clara Sobre Seu Público-Alvo

Um passo importante para aumentar a conversão do seu e-mail marketing é conhecer seu público-alvo. Isso irá permitir escrever um copywriting que atenda as necessidades dessas pessoas.

Neste momento, o foco será construir personas, que nada mais é do que seus clientes ideais.

Para realizar essa construção você vai precisar de informações a respeito deles que podem ser buscadas até na internet.

Dispor de uma ou algumas personas pré-definidas auxiliará você a ter direcionamento. Assim, será mais fácil guiar seu copywriting.

A construção da persona também vai ajudar a encontrar as palavras que despertam emoções no seu público-alvo.

Ter um público-alvo também vai auxiliar a personalizar os e-mails, permitindo segmentá-los, ocasionando um aumento da taxa de abertura e da taxa de cliques.

Quanto mais claro for a sua percepção acerca do seu público-alvo mais assertivas serão suas campanhas de marketing por e-mail.

Dica 4 | Produza Conteúdos Relevantes Para O Seu Público-Alvo

Assim que as personas forem construídas surgirá uma espécie de diagnóstico a respeito de quais pessoas pertencem ao seu público-alvo, quais são suas necessidades, preferências, hábitos, localização, cultura, etc.

Diante deste diagnóstico, suas ações podem ser mais assertivas no sentido de enviar e-mails oferecendo produtos, serviços ou conteúdos que tenham relevância.

Portanto, evite o marketing genérico, busque o marketing direcionado, proporcionando conteúdo de qualidade e relevância.  Enviar e-mails relevantes pode melhorar as taxas de abertura e cliques.

Relevância é fundamental!

Dica 5 | Personalize Os E-Mails Que Serão Enviados

Uma ótima oportunidade para falar de pessoa pra pessoa é adicionar nomes em sua comunicação, isso aumenta a confiança do seu possível cliente, levando-o a uma interação e possibilitando a venda.

O ideal é que os e-mails que são escritos por você tenham uma linguagem pessoal e contenha o nome do possível cliente.

Uma estratégia para atingir uma linguagem mais pessoal é utilizar pronomes como “você”, “seu” e “sua” ou escrever da maneira com que se fala, evitando utilizar jargões, parágrafos longos ou termos técnicos de difícil compreensão.

Segundo pesquisas, 70% de todos os e-mails comerciais enviados não são personalizados.

Outro ponto importante é utilizar e-mails de pessoas físicas para se comunicar com seu possível cliente e evitar utilizar contas de e-mail corporativo.

Lembre-se que quanto mais você puder descobrir sobre as pessoas por meio de pesquisa, mais você conseguirá personalizar a mensagem de e-mail marketing para atender as necessidades e solucionar os problemas.

O lema aqui é “personalize, não generalize”!

Dica 6 | Tenha Um Objetivo Claro

Ir direto ao ponto é fundamental, falar o que deve ser dito, sem rodeios, mas de uma forma que mantenha o leitor interessado no que está escrito.

Assim, se tratando de escrever e-mail marketing, é fundamental não sobrecarregar o leitor com parágrafos longos e repletos de informações.

O ideal é manter o foco do seu copywriting no destinatário, ao invés de fornecer informações desnecessárias sobre você ou sua empresa.

Clareza não faz mal a ninguém!

Dica 7 | Não Se Esqueça De Falar Dos Benefícios

Transmitir valor ao destinatário do e-mail pode se tornar uma atividade muito desgastante, mas é fundamental. Você deve falar dos benefícios do produto ou serviço oferecidos.

Os destinatários vão abrir seus e-mails apenas se eles entenderem que receberão algum benefício, pois na maioria das vezes, as pessoas só se importam com o que torna suas vidas mais fáceis ou melhores.

Você precisará que a copywriting demonstre os benefícios obtidos e a prova desses benefícios, do contrário você pode não alcançar o objetivo almejado.

O resultado obtido em se apresentar os benefícios do seu produto ou serviço de modo claro para o destinatário é gerar uma atração maior do seu público para com o produto, podendo gerar mais conversões.

Imagine a seguinte situação: você encaminha um e-mail informando que determinado produto tem 30% de desconto, lista seus recursos, mas não traz no corpo do e-mail nenhum benefício que aquele produto vai trazer para o destinatário.

Nesse caso, uma estratégia mais consistente seria demonstrar os benefícios do produto, assim como o desconto.

A copywriting deve traduzir os benefícios de se comprar o produto ou serviço, ao invés de simplesmente oferecer um desconto ou fazer uma lista de recursos.

Dica 8 | Call To Action São Fundamentais

A presença de Call to Action (CTA) pode parecer apenas um detalhe, mas, na verdade, é uma parte importante do e-mail que faz toda a diferença.

A CTA é o verdadeiro motivo pelo qual você encaminhou o e-mail para o destinatário ou assinante, é o último obstáculo para que o leitor faça o que você quer que ele faça.

Bem observado o contexto, a CTA é a principal parte da sua campanha de e-mail, pois é ela que vai converter os assinantes em clientes ou não, fazendo com que eles tomem ou não a ação que você gostaria que eles tomassem.

Ao escrever a copywriting do botão de CTA, é importante não solicitar que o leitor simplesmente clique em determinado botão. É necessário indicar a ele qual a razão para clicar na CTA.

Isso se relaciona com o que já escrevi neste texto a respeito de benefícios, no item sete. Vale frisar que é importante ressaltar o benefício que será obtido.

Aumentar as conversões com um CTA utilizando palavras que expressem os benefícios que serão conseguidos na ocasião, palavras de ação que motivam o leitor a realizar a atividade desejada, inclua uma cor de destaque a ação.

Ao invés de escrever “baixar agora”, seria mais consistente e interessante sugerir “obtenha meu guia gratuito agora”.

Foque no valor por trás do clique, o leitor ficará mais propenso a clicar. A copywriting deve enfatizar o benefício que o cliente vai receber.

Conclusão

O marketing por e-mail é um dos melhores canais para retenção e aquisição de clientes.

Utilizar copywriting na elaboração de e-mail marketing pode parecer difícil, mas essa não é uma verdade absoluta.

Para que você tenha êxito e possa implementar ou aprimorar sua estratégia de e-mail marketing utilizando copywriting é fundamental seguir as essas diretrizes:

a) cuidar da sua linha de assunto e da pré-visualização do e-mail;

b) tomar precauções para que seu e-mail não seja considerado spam;

c) ter uma visão clara a respeito do seu público-alvo;

d) produzir conteúdo direcionado e relevante para seu público-alvo;

e) personalizar os e-mails que serão enviados;

f) ter objetivos claros ao enviar o e-mail,

g) aplicar call to action com cuidado.

Deixe uma resposta

Fechar Menu