Como Fazer Email Marketing em 8 passos

Criar um email marketing pode até parecer desafiador, mas hoje você irá aprender a como criar um email marketing efetivo em oito passos eficientes.

Muitas pessoas ousam dizer que o email marketing já é uma ferramenta ultrapassada, no entanto, os números e resultados que essa estratégia oferece mostram que a realidade é bem diferente disso.

O que está passando por mudanças são justamente as atitudes que tornaram o email marketing conhecido como um mero disparo de spam e informações que não eram consideradas úteis ou sequer enviadas com autorização do usuário.

Por isso, agora você pode aprender os oito passos definitivos para criar um email marketing que respeita as melhores práticas do mercado e ainda oferecer retorno financeiro. Confira:

  1.       Construa sua lista, jamais compre

A compra de um mailing não corresponde as melhores práticas e está longe de oferecer o retorno esperado.

É fundamental que você crie sua própria lista de emails, para isso, aqui vão algumas dicas importantes com técnicas de captação de mailings:

  •         Landing Pages

Esta estratégia de Inbound Marketing está entre as principais maneiras de captar e iniciar o seu mailing com base na estratégia de produção de conteúdo.

A Landing Page nada mais é do que o local onde seus visitantes poderão entrar em contato e fazer uso desses conteúdos.

  •         Pop-ups contextualizados

Os pop-ups contextualizados são aquelas mensagens que aparecem na tela do computador quando o usuário entra no seu site ou em uma Landing Page.

Para que o usuário não considere o conteúdo invasivo ou fora de contexto, é fundamental que seja algo contextualizado. Como por exemplo, se ele está vendo algo sobre cursos, o conteúdo do pop-up também deve ser esse.

  •         Redes sociais

As redes sociais também funcionam muito bem quando o assunto é construção de mailing.

O importante é que você produza conteúdos atrativos para o seu público também nesses ambientes compartilhados.

  1.       Escolha seu ESP (Email Service Provider)

Com a sua base de dados aumentando, agora está na hora de escolher a sua ferramenta de disparo para email marketing. O ESP, abreviação de Email Service Provider é uma ferramenta muito importante, pois ajuda a garantir o sucesso das suas campanhas.

Uma boa ferramenta garante que o ‘terreno’ esteja bem estruturado e que você confia na qualidade e entrega dos emails enviados.

  1.       Escolha o nome do seu remetente

Diversas pesquisas e análises de email marketing chegaram à conclusão que o nome do remetente é um aspecto decisivo na hora que o Lead decide se abre ou não a comunicação enviada.

Além disso, email como [email protected] ou [email protected] não são boas opções pois são considerados (e na realidade realmente são) email sem uma personalidade, ou seja, o Lead não consegue saber se existe uma pessoa por trás da comunicação.

Por isso, na hora de escolher o nome do remetente do seu email marketing, opte pelo seu nome real, assim as pessoas darão credibilidade a sua comunicação.

  1.       Defina sua estratégia de comunicação

Com a lista de email formada, ferramenta de disparo escolhida e o nome do remetente definido, está na hora de ‘colocar a mão na massa’ e efetivamente criar o seu email marketing.

Para garantir que sua estratégia de comunicação seja bem definida, existem alguns passos práticos que podem te ajudar neste momento, confira:

  •         Defina quem é seu público

Nesta etapa do planejamento, é fundamental que você analise que, é seu público-alvo, ou seja, com quem você irá se comunicar.

Para garantir que seja assertivo, o ideal é optar pela criação de personas – processo em que você determina quais são as características do seu Lead ideal e passe a se comunicar e produzir conteúdo de maneira que possa agradar este público.

  •         Quais são seus objetivos com o email marketing?

Essa é a hora de traçar um objetivo para sua comunicação com o email marketing.

Esse processo pode até parecer simples, mas não é bem assim. Por isso, uma dica é buscar responder o que você quer atingir com o email marketing usando um verbo no infinitivo. Alguns exemplos são: informar, vender, qualificar, comunicar e por aí vai.

Com este foco você consegue definir exatamente o que precisa fazer para atingir seu objetivo.

  •         Como a sua empresa se comunica?

A identidade organizacional também é item decisivo nesse processo. Um dos elementos dessa identidade é justamente a linguagem na qual sua empresa se comunica.

Como por exemplo, se sua empresa for uma loja de artigos para skatistas, vai usar uma linguagem direcionada para este público e que acima de tudo esteja alinhada com os valores.

Agora, se sua empresa é do ramo de importação e exportação, é normal que a comunicação seja mais formal e que o uso da linguagem esteja mais distante das gírias e informalidades.

  •         Estabeleça metas para o seu email marketing

Muitas pessoas confundem meta com objetivo, mas na realidade, não são a mesma coisa.

O objetivo é onde você quer chegar e metas são pequenas conquistas quantitativas para garantir que o objetivo seja cumprido mais à frente.

Alguns exemplos de metas são:

  •         Aumentar as vendas em 10%;
  •         Vender 20 produtos a mais;
  •         Conseguir 15 novos Leads;
  •         Conseguir aumentar em 40% o tráfego do seu site;
  •         Alcançar 20 downloads no seu novo aplicativo.

É importante mapear essas conquistas, pois isso te ajuda a saber o quão eficiente está sua estratégia para atingir, enfim os objetivos.

  1.       Criação de um template atrativo

A padronização dos seus emails marketing, tanto no quesito linguagem, quanto no quesito template, ajuda o Lead a identificar rapidamente de qual empresa se trata a comunicação.

Por isso, é fundamental que você estabeleça padrões de linguagem e também de template em todos os emails. Se é algo que você considera como um desafio, faça testes internos antes de disparar emails para a audiência.

Para ajudar nesse processo, aqui estão algumas dicas de layouts que serão bastante úteis:

  •         Tenha uma call-to-action

O call-to-action nada mais é do que usar verbos e convidar o leitor a exercer uma ação que atenderá ao objetivo do email. Como por exemplo ‘compre aqui’ ou ‘visite nossa página’.

Esta ação deve estar bem visível e de preferência nas primeiras 300 palavras do seu texto.

  •         Estabeleça um objetivo claro

O objetivo do seu email marketing deve estar bastante evidente nas primeiras 300 palavras do seu conteúdo. Seja claro e vá direto ao ponto.

  •         Tenha a porcentagem ideal entre imagens e texto

Usar imagens nesse processo é fundamental para prender a audiência. No entanto, a proporção deve ficar sempre 40% imagens e 60% texto.

  •         Insira a opção de descadastro
  •          

Mesmo que você não deseja que isso aconteça, é fundamental ter a opção de descadastrar da sua newsletter, pois o Lead merece este tipo de boas práticas.

Uma boa dica é inseri junto com a opção descadastrar um pop-up que pergunte a razão dessa ação e assim tomar providências para que isso ocorra com menos frequência – além de funcionar como um termômetro sobre o que as pessoas estão pensando da sua comunicação.

  1.       Fomente um relacionamento com os clientes cadastrados

Com as boas práticas de email aplicadas, está na hora de criar e fomentar um relacionamento com as pessoas da sua base de contatos.

Para isso, é importante que você envie emails com certa periodicidade, sempre tomando cuidado para não enviar emails demais nem de menos.

Além disso, é importante ter um calendário de publicações com os assuntos que serão abordados e também com que frequência você tratará dos determinados temas.

Esse planejamento é fundamental, pois é ele que dará a ‘entonação’ no seu email marketing e criará certa relevância para a sua audiência.

  1.       Faça a segmentação

Com todas as etapas anteriores prontas, está na hora de usar a estratégia que fará justamente com que os seus Leads abram o seu email marketing e se sintam atraídos pelo conteúdo.

Mas do que realmente se trata a segmentação? Bom, nada mais é que segmentar a sua audiência por assuntos de interesse e assim garantir o máximo de proveito sobre a comunicação enviada.

  1.       Mensuração de resultados e testes de exibição

Com a sua operação de email marketing solidificada, está na hora de mensurar os resultados da sua campanha.

Para isso, existem algumas métricas fundamentais:

  •         Emails entregues

O número de emails que chegaram até a caixa de entrada do leitor (deve ficar próximo dos 98%).

  •         Índice de abertura

Essa métrica é bem importante, ela mostra quantas pessoas abriram o email que você enviou, se ela estiver baixa é necessário que você reveja a estratégia que está sendo utilizada.

  •         Número de cliques

Essa métrica, em números absolutos, é importante para que você saiba quantas pessoas estão interagindo com o conteúdo enviado.

É bom também ficar de olho nos números de clique do seu email marketing pois eles também refletem o desempenho da sua campanha.

 

Conclusão

Com esses oito passos
simples, você constrói um email marketing com mais assertividade e garante o
sucesso das suas campanhas.

Vamos relembrar os oito passos:

  1. Construa sua lista;
  2. Escolha seu ESP;
  3. Estipule o nome do remetente;
  4. Defina a estratégia de comunicação;
  5. Crie um template atrativo;
  6. Fomente relacionamento com os clientes
    cadastrados;
  7. Faça segmentação;
  8. Mensuração de resultados e testes de exibição.

Deixe uma resposta

Fechar Menu