Tipos de Email Marketing – Conheça 5 deles no Blog da Mensagex

Conheça os cinco tipos de e-mail marketing e como isso pode interferir nas suas estratégias de negócios.

Parece meio óbvio, mas cada tipo de negócio, ou tipo de objetivo que você busca atingir, exige uma estratégia diferente de comunicação, incluindo o e-mail marketing.

Caso, o tipo de email marketing usado não seja adequado, toda a estratégia usada – bem como o dinheiro empregado, são completamente inutilizados e não servirão de nada.

O desafio de escolher o email marketing adequado para o seu negócio

Trabalhar com email marketing não é algo fácil. São dezenas de regras, boas práticas e deveres que devem ser cumpridos para garantir que tudo funcione, por isso, pode ser desafiador garantir que a escolha do email marketing seja assertiva e garanta o alcance dos objetivos logo de primeira. Além disso, o uso correto da estratégia de email marketing garante que seja possível mensurar com efetividade os resultados obtidos.

E por último, mas não menos importante, para garantir que seja possível garantir o êxito na estratégia de geração de leads a partir do email marketing, é fundamental que a lista de emails seja conseguida a partir de contatos orgânicos.

Nunca, em hipótese alguma, é aceitável que se compre uma lista de emails pronta na internet. Isso pode colocar tudo a perder antes mesmo de começar.

É bom ter em mente também que cada tipo de negócio exige um tipo de email e uma estratégia específica, não é possível aplicar o mesmo conceito para todos os tipos de setor.

Vamos agora conferir cada tipo de email marketing e também como escolher o modelo mais adequado para o seu modelo e natureza de negócio, no final, será mais simples do que você imagina.

#1 – Tipo de email marketing: Newsletter

Muitas empresas, quando resolvem iniciar os negócios na área de email marketing, utilizam o newsletter como uma das primeiras opções. Geralmente, este tipo de email é enviado para a base de contatos ou para quem demonstrou interesse neste tipo de conteúdo.

As principais características do newsletter são: periodicidade e variedade de conteúdo.

Essa variedade de conteúdo é justamente um dos pontos mais importantes, pois dessa maneira é possível atingir todos os Leads nos estágios de funil de vendas. A melhor parte é que o newsletter consegue atingir mais pessoas durante todo esse processo, se comparado com blogs e outros canais destinados a geração de Leads.

Além disso, o newsletter é uma das melhores maneiras de manter contato com a audiência e assim garantir que ela continue interessada nos produtos e serviços oferecidos pela sua empresa.

E uma das informações mais importantes, no caso dos newsletters, a principal métrica que deve ser analisada é o número de cliques e não somente o número de abertura, pois essa informação irá permitir uma excelente segmentação por assuntos de interesse na hora de analisar os resultados obtidos.

Mesmo que não tenham assuntos que envolvem o uso de links, você poderá usar essa estratégia para gerar Leads de venda e assim direcionar o usuário para o canal de vendas da companhia.

#2 – Tipo de e-mail marketing: Campanhas promocionais

Neste item, é bom ter em mente que a palavra promocional não necessariamente significa divulgar promoções de produtos ou serviços. Aqui, a palavra promocional tem o sentido de promover algo, seja um fato, um produto ou até mesmo algo gratuito.

A principal característica das campanhas promocionais é o foco, pois possuem um único objetivo e uma única opção de ação.

A vantagens das campanhas promocionais é que este é um conteúdo relativamente simples e com grande potencial para transmitir a mensagem de maneira clara e efetiva, seja em qualquer estágio de compra ou interação que a audiência se encontre.

E qual o segredo de criar um conteúdo otimizado para as campanhas promocionais? A segmentação do público.

Para exemplificar, vamos usar o lançamento de um material destinado à maternidade. É interessante saber para quem este conteúdo será direcionado, como por exemplo:

  • Mulheres com idade em que a maioria se torna mãe;
  • Mulheres que se interessam por conteúdos voltados à maternidade;
  • Homens com idade em que a maioria se torna pai;
  • Pais;
  • Mães;
  • Pessoas que já demonstraram interesse em outro conteúdo do mesmo assunto;
  • Pessoas que realizaram, ou não, uma conversão nos últimos 4 meses;
  • Pessoas que já demonstraram interesse em determinado produto;
  • Clientes ou não clientes.

O ponto principal é focar nos públicos que podem gerar os Leads adequados, se transformarem em cliques e vendas.

#3 – Tipo de email marketing: Emails Transacionais

Você já fez alguma compra pela internet? Precisou fazer alguma recuperação de senha? Já recebeu confirmação de pagamento via email? Já baixou algum material e recebeu o conteúdo no seu email? Pois então você sabe o que é um email transacional.

Este tipo de email é bem comum em serviços de softwares – aqueles que envolvem troca de senha ou confirmação de usuários; em serviços de e-commerce – confirmação ou rastreamento de compras; e até mesmo em email de agradecimento e download de conteúdo.

A grande vantagem dos emails transacionais é que eles são esperados pela audiência – também conhecido como Leads, pois eles costumam responder alguma ação realizada pelos clientes.

Tendo em mente a jornada de compra do consumidor, este tipo de email pode estar presente em diversos momentos, como por exemplo, a primeira conversão até a confirmação de compra.

Outro bom exemplo no caso dos emails transacionais é uma mensagem de agradecimento após a conversão em uma Landing Page, pois o Lead já espera receber o link para download juntamente com uma mensagem. Este tipo de conteúdo é chamado de conversão secundária e pode ser muito bem explorado pelas empresas.

Não sabe o que são conversões secundárias? Confira algumas:

  • seguir nas redes sociais;
  • bater um papo com um consultor;
  • fazer download de um material complementar;
  • recomendar para um amigo;
  • assistir a uma demonstração.  

A conversão secundária vai depender diretamente do tipo de conteúdo oferecido na conversão primária e também poderá se adequar ao tipo de ofertas e mensagens que o Lead costuma interagir com mais frequência.

#4 – Tipo de email marketing: Lifecycle Email

Conforme já dissemos por aqui, a chave para o sucesso de uma campanha de email marketing é a segmentação. São diversas formas de realizar esta ação, mas em todas, o que deve ser considerado é justamente o funil de vendas.

Alguns itens que você pode considerar são:

  • Lead;
  • estratégia da equipe comercial;
  • clientes ativos;
  • clientes que já realizaram alguma compra (pode inclusive separar em compra recente ou há mais de x meses);
  •  ex-clientes.

Em cada tipo de segmentação existe um tipo de abordagem e linguagem diferente, por isso as ofertas podem mudar completamente. É importante levar em consideração também o objetivo do email marketing: ensinar, vender, fazer upsell ou upgrade, engajar e recuperar.

#5 – Tipo de email marketing: Automação de Marketing

Muitos tipos de email marketing que citamos até fazem uso justamente da estratégia de automação de marketing.

Uma vez que o email marketing contenha algum gatilho como, por exemplo o clique em determinado link, download de algum conteúdo ou resposta de algum formulário, esses itens podem ser considerados conceitos de automação de marketing.

Para exemplificar melhor a automação de marketing, tenha em mente a seguinte situação: a sua empresa envia uma campanha promocional oferecendo um e-book ou um newsletter com links para ofertas variadas; um Lead baixa algum desses materiais e começa a receber emails com conteúdos complementares. Contudo, ele já está buscando na empresa uma solução para um problema específico e acaba demonstrando esse interesse entrando no site e pedindo um orçamento.

No exemplo que acabei de citar, usando a automação, esse Lead deixa de receber emails sobre o material baixado e entra em um novo fluxo da empresa onde receberá o contato de um vendedor.

Esse é apenas um exemplo, o importante é ter em mente que os emails enviados por meio da Automação de Marketing são segmentados e por isso acabam abrangendo todas as etapas da jornada de compra, gerando bons índices de engajamento e melhora da experiência do usuário.

Conclusão

Hoje entendemos melhor quais são os cinco tipos de email marketing que podem suxiliar suas estratégias.

1- Trabalhar com email marketing não é algo fácil. São dezenas de regras, boas práticas e deveres que devem ser cumpridos para garantir que tudo funcione.

2- Muitas empresas, quando resolvem iniciar os negócios na área de email marketing, utilizam o newsletter como uma das primeiras opções. Geralmente, este modelo de email é enviado para a base de contatos ou para quem demonstrou interesse neste tipo de conteúdo.

3- A principal característica das campanhas promocionais é o foco, pois possui um único objetivo e uma única opção de ação.

4- Emails transacionais surgem como resposta a diversas ações dos Leads e pode gerar interações secundárias importantes para a empresa.

5- A automação de marketing funciona, uma vez que o email marketing contenha algum gatilho, como por exemplo, clique em determinado link, download de algum conteúdo ou resposta de algum formulário.

Deixe uma resposta

Fechar Menu