Conheça Todas as Funções de Um Analista de E-mail Marketing

Hoje você vai entender quais são as funções do profissional analista de e-mail marketing e como ele pode ajudar o seu negócio a decolar.

Com o aumento da demanda das funções de marketing digital dentro das empresas, cada vez mais as empresas estão abrindo espaço no seu quadro de funcionários para profissionais que sejam especialistas no assunto e possam agregar conhecimento na estratégia de negócio.

Nesta tendência, destacam-se os profissionais de e-mail marketing, especialistas na elaboração da estratégia e também de atividades operacionais dessa ferramenta do marketing digital.

Por isso, você confere a seguir as seis funções do analista de e-mail marketing.

1ª Função: Segmentação de listas de e-mails marketing

A segmentação de e-mail marketing consiste em classificar os contatos de acordo com reações, interesses e nível de engajamento.

O analista de e-mail marketing é responsável por esta atividade, considerada fundamental para o sucesso das campanhas.

Para você entender melhor como funciona a segmentação de listas, veja o exemplo:

Uma assessoria contábil pode ter contatos que estejam interessados em diferentes produtos que possam ser oferecidos pela assessoria. Além disso, alguns deles podem ser profissionais da área que desejam se manter atualizados. Outros podem ser empresários que querem ficar por dentro das exigências fiscais e tributárias para o seu negócio.

Esse tipo de segmentação é fundamental para manter a estratégia de e-mail marketing competitiva e pode ser feita em diferentes listas ou mesmo por meio de gatilhos e links inteligentes – de acordo com as mensagens que cada usuário se classifica entre as opções oferecidas.

Além disso, é parte das atividades do analista de e-mail marketing reconhecer e alterar a estratégia de acordo com os índices de engajamento

Usuários mais engajados devem passar a receber conteúdos mais aprofundados. Afinal de contas, eles já interagiram com vários conteúdos e estão mais próximos do momento da compra.

Para executar essas tarefas, o analista de e-mail marketing deve dominar as ferramentas usadas pela empresa.

2ª Função: Criação de campanhas e fluxos de nutrição

Existem diversos tipos de e-mails que podem ser trabalhos pelo Analista de E-mail Marketing de acordo com as estratégias e objetivos traçados.

Pensando nisso, o profissional deverá estar em contato constante com o Gerente de Conteúdo ou o Diretor de Marketing para conhecer as metas da empresa e os objetivos de marketing e assim garantir o sucesso da ferramenta.

Algumas campanhas que o analista de e-mail marketing pode trabalhar para lançar são:

  • Newsletters: este formato de e-mail marketing normalmente é enviado de forma periódica a toda a base de contatos. O conteúdo costuma ter atualizações do blog e novidades da empresa e notícias relevantes do setor;
  • E-mails promocionais: neste formato, os e-mails sempre divulgam algum tipo de oferta – não necessariamente promoções e produtos, mas também de condições especiais de compra ou até mesmo datas especiais para o comércio. Costumam ser enviados para pessoas que já demonstraram interesse na solução ou produto oferecido;
  • Fluxo de nutrição ou e-mail automático: normalmente corresponde a uma série de e-mails pré-programados com conteúdos educativos disparados automaticamente a cada pessoa que se cadastra.

O objetivo deste tipo de e-mail marketing é alimentar a audiência, levando os leitores para um ponto cada vez mais próximo da decisão de compra favorável ao negócio;

  • Automação de marketing: este tipo de e-mail marketing é bem semelhante ao fluxo de nutrição, no entanto ele só ocorre depois de ações mais específicas da audiência, como por exemplo, o clique em um link dentro do e-mail.

A automação de marketing pode ser usada para relacionamento, vendas ou até mesmo no pós-venda.

[NOTA: Para aplicar as estratégias de e-mail marketing no seu negócio, você precisa de uma plataforma que atenda todas as suas necessidades. Comece o seu teste gratuito com a nossa ferramenta de email marketing agora mesmo clicando aqui.]

3ª Função: Análise de métricas

A função de analisar e interpretar as métricas está entre as funções mais importantes do analista de e-mail marketing. É a partir das métricas que as estratégias poderão ser aprimoradas, refeitas e ajustadas.

Todas essas funções devem ser feitas por um profissional que tenha conhecimento específico para interpretar e analisar essas funções, afinal, muitas delas envolvem programação e análise de números bem específicos feitos como produtos de programas específicos de marketing de computadores.

Esses números podem ser conhecidos como analytics.

Para isso, o analista de e-mail marketing deverá ficar atento a alguns pontos como:

Taxa de crescimento da lista de e-mail marketing: índice referente aos novos assinantes; Taxa de inativação da lista de e-mail marketing: pessoas que descadastram ou deixam de interagir;

Taxa de abertura: usuários que abrem o e-mail marketing;

Taxa de clique: usuários que clicam nos links dentro da mensagem, CTR ou Click-through;

Rate: taxa que representa a divisão entre clique e abertura. É um dos maiores indicadores de sucesso das campanhas de e-mail marketing;

Eficácia da campanha: taxa de leads que se tornam clientes.

Já falei sobre algumas dessas taxas anteriormente e parte delas podem ser analisadas sem conhecimentos específicos, no entanto, é fundamental que seja sempre um profissional gabaritado para desempenhar tais funções.

4ª Função: Configuração e análise das ferramentas de e-mail marketing

A configuração de ferramentas e programas de disparo e análise de e-mail marketing é uma tarefa fundamental e influencia diretamente no resultado final da campanha.

A escolha de uma ferramenta para disparo de e-mail marketing é algo delicado, pois influencia diretamente nos desempenhos da campanha. Além disso, ela deve ser confiável, ter boa taxa de entrega e permitir a segmentação adequada dos contatos inscritos.

Por isso na grande maioria dos casos, o analista de e-mail marketing deve recomendar uma determinada ferramenta ou aconselhar a troca a fim de garantir melhores resultados nas campanhas.

Além disso, a grande importância de um profissional para a análise dos resultados da campanha de e-mail marketing é justamente a interpretação mais detalhada e com um olhar profissional de todas as métricas e índices que as campanhas oferecem.

Funções extras do analista de e-mail marketing

Além de todas as funções que elencamos, existem algumas funções extras que também são de total responsabilidade do analista de e-mail marketing.

A lista de atividade você confere a seguir:

Criação de templates padrões para o envio dos e-mails;

Configuração de segmentação em diversas listas ou tags;

Fazer periodicamente a higiene da lista, excluindo contatos que se descadastraram ou que deixaram de interagir,

Configuração e programação dos disparos dos e-mails nos horários e sequências corretas.

Claro que essas são apenas sugestões e que existem diversas atividades extras que o profissional pode desempenhar, até mesmo aconselhar os demais departamentos de estratégia de marketing digital.

Se seu negócio não possui atividades de marketing digital estruturadas e você deseja começar, justamente com o e-mail marketing, aconselhamos a busca de profissional que seja completo e que tenha conhecimento acadêmico e técnico para desempenho, no mínimo as funções que acabei de elencar por aqui.

Qualificações básicas de um analista de e-mail marketing

Você agora vai conhecer quais são as qualificações mínimas que um analista de e-mail marketing precisa para desempenhar as funções de maneira satisfatória.

  • Graduação na área de marketing ou experiência similar em outros empregos na área;
  • Experiência com criação de campanhas de e-mail marketing;
  • Experiência com a configuração de plataformas de e-mail marketing, como Mailchimp, Aweber, Getresponse e muito mais;
  • Pós-Graduação e cursos de especificação na área (desejável);
  • Certificação em marketing de conteúdo.

Além disso, profissionais que tenham conhecimento na área e que busquem sempre a inovação são sempre ótimas escolhas para ter cuidando dos negócios. Nessa área, todo dia existe algo novo.

Conclusão

Hoje aprendemos todos os detalhes sobre o que faz e quais são os detalhes da profissão de analista de e-mail marketing.

Para lembrar, algumas dessas ações são:

A segmentação de e-mail marketing consiste em classificar os contatos de acordo com reações, interesses e nível de engajamento;

O analista de e-mail marketing é responsável por esta atividade, considerada fundamental para o sucesso das campanhas;

Existem diversos tipos de e-mails que podem ser trabalhados pelo Analista de E-mail Marketing de acordo com as estratégias e objetivos traçados. Alguns deles são: newsletters, e-mails promocionais, fluxo de nutrição ou e-mail automático e automação de marketing.

A configuração de ferramentas e programas de disparo e análise de e-mail marketing é uma tarefa fundamental e influencia diretamente no resultado final da campanha.

Por isso, a grande importância de um profissional para a análise dos resultados da campanha de e-mail marketing é justamente a interpretação mais detalhada e com um olhar profissional de todas as métricas e índices que as campanhas oferecem.

Além de todas as funções que elenquei, existem algumas funções extras que também são de total responsabilidade do analista de e-mail marketing.

Criação de templates padrões para o envio dos e-mails; configuração de segmentação em diversas listas ou tags; fazer periodicamente a higiene da lista, excluindo contatos que se descadastraram ou que deixaram de interagir e configuração e programação dos disparos dos e-mails nos horários e sequências corretas.

As qualificações mínimas que um analista de e-mail marketing precisa para desempenhar as funções de maneira satisfatória:

graduação na área de marketing; experiência com criação de campanhas de e-mail marketing; experiência com a configuração de plataformas de e-mail marketing, como Mailchimp; pós-graduação e cursos de especificação na área (desejável) e certificação em marketing de conteúdo.

[NOTA: Para aplicar as estratégias de e-mail marketing no seu negócio, você precisa de uma plataforma que atenda todas as suas necessidades. Comece o seu teste gratuito com a nossa ferramenta de email marketing agora mesmo clicando aqui.]

Deixe uma resposta

Fechar Menu