Dicas Incríveis Para Escrever E-Mail de Boas-Vindas

O e-mail de boas-vindas é um e-mail enviado nos primeiros dias após seus clientes se inscreverem em seu site ou em sua lista de e-mail. Será, portanto, a primeira impressão que eles vão ter a seu respeito.

Em 2013, estimava-se que os e-mails de boas-vindas recebiam uma taxa de abertura de 50%, fazendo com que seja 86% mais eficaz que os boletins informativos.

Neste artigo, vou te apresentar alguns pontos a respeito da importância do e-mail de boas-vindas, principalmente nas primeiras 48 horas após a inscrição, sua relação com as taxas de abertura e alguns pontos que deve ser levado em conta na elaboração de um e-mail de boas-vindas.

Aproveite as primeiras 48 horas

Você precisa saber que os assinantes estão mais envolvidos com sua marca nas primeiras 48 horas após a assinatura, segundo um estudo realizado pela Ciceron.

Deste modo, é crucial começar a construir um relacionamento com o cliente enviando uma bela mensagem de boas-vindas, incentivando o assinante a interagir com a sua marca.

Apesar dos resultados positivos obtidos com e-mails de boas-vindas e da recomendação em utilizá-los, 41% das marcas acabam não enviando e-mails de boas-boas-vindas a novos assinantes nas primeiras 48 horas.

Mesmo com estas informações você ainda pode estar pensando que não vale a pena enviar e-mail de boas-vindas, mas saiba, você estará cometendo um grande erro.

Portanto, fique atento, pois pode ser um diferencial competitivo relevante para o seu site, afinal não há porque não utilizar.

Além disso, você pode oferecer uma oferta em seu e-mail de boas-vindas, fazendo com que o assinante venha a adquirir algum produto ou serviço. Ora, se existe uma janela de oportunidade de 48 horas, utilize-a.

Com uma oferta atraente incluída em seu e-mail de boas-vindas, você pode até mesmo fazer com que seu novo cliente faça uma compra. Mais uma vez, tente maximizar a janela de oportunidade de 48 horas em que você tem toda a atenção do seu novo cliente.

E-mail de boas-vindas e taxas de abertura

Empresas que utilizam o e-mail de boas-vindas em sua estratégia de marketing por e-mail chegam a conclusão de que utilizar este tipo de e-mail pode aumentar consideravelmente a taxa de abertura.

Apesar da sobrecarga de e-mails recebidas diariamente, a maioria dos consumidores não se importa em receber e-mails comerciais. Uma pesquisa realizada em 2017 pela Adobe constatou que 60% dos usuários de e-mail gostam de realizar contatos através de e-mail.

Uma pesquisa realizada em 2017 pela Epsilon aponta que o e-mail de boas-vindas teve uma taxa de abertura de 69% em relação a outros tipos de e-mails.

Já segundo outro estudo realizado em 2016 pela E-mail Marketing Blog, os e-mails de boas-vindas tiveram uma taxa média de abertura de 50%. Isso indica que são 86% mais eficientes do que os boletins informativos. Outra pesquisa, da Experian Marketing Services mostra taxas de abertura de até 58%.

Para confirmar as pesquisas, estima-se que os consumidores que recebem e-mails de boas-vindas têm 33% mais chances de se envolver com a marca que os enviou. Além disso, 83% das marcas não conseguem causar uma boa primeira impressão aos novos assinantes.

Assim, de acordo com outro levantamento, 74,4% dos assinantes disseram esperar uma mensagem de boas-vindas quando se inscrevem em um site ou em uma lista.

Sem contar que 41% das marcas não entraram em contato mesmo depois de 48 horas de assinatura e 27% esperam até 3 semanas para enviar sua primeira mensagem.

Deste modo, você deve ter percebido que utilizar e-mail de boas-vindas influência, de forma positiva, as taxas de abertura da sua campanha de e-mail marketing, certo?

Use links para transmitir mais informações

Então, nesse ponto do texto você já sabe que é importante utilizar e-mail de boas-vindas pode aumentar consideravelmente sua taxa de abertura.

Quando se fala em e-mail marketing você precisa ser conciso no seu e-mail. É importante não conter muitas informações, mas nada te impede de encaminhar no e-mail algum link que direcione o usuário para o seu site ou para buscar mais informações.

Você pode utilizar, por exemplo, um link sobre “conheça a empresa”, “saiba mais a respeito dos nossos produtos ou serviços” ou até mesmo informando sobre “curiosidades desse produto ou serviço.

É recomendável utilizar links para que os destinatários do e-mail possam se informar mais, principalmente quando se fala em e-mail de boas-vindas, que é um dos primeiros contatos estabelecidos com seu cliente em potencial.

Seja compatível com dispositivos móveis

Ser compatível com dispositivos móveis é uma prática recomendada por diversos profissionais que trabalham com marketing por e-mail, pois é imprescindível para o sucesso de suas campanhas.

Essa ideia já é comprovada, conforme demonstra pesquisa realizada pelo IBGE, entre os 107,9 milhões de brasileiros conectados, 43% dos usuários usam só o celular para acessar a internet (eram 20% em 2014), enquanto 6% usam só o computador.

A maioria dos usuários que utilizam dispositivos móveis, como os celulares, para acessar a internet, são jovens. Apesar disso, a tendência é que cada vez mais os usuários de e-mail utilizem seus celulares como principal fonte de acesso à internet.

Grande parte dos usuários de e-mail acessam suas contas através de dispositivos móveis, fazendo com que não ter um e-mail que seja compatível com dispositivos móveis seja um verdadeiro problema para o seu negócio.

Ter um e-mail compatível com dispositivos móveis é uma ótima sacada, principalmente quando se fala em e-mail de boas-vindas.

Escale seus e-mails de boas-vindas e mantenha a frequência

Sabendo que o e-mail de boas-vindas é importante, você pode estar se perguntando: “devo encaminhar apenas um ou vários e-mails de boas-vindas?”.

Saiba que você não precisa encaminhar apenas um e-mail, na verdade você pode encaminhar uma série de e-mails de boas-vindas, realizando uma verdadeira campanha, mas deve tomar cuidado para não desgastar o relacionamento que acaba de criar com seu cliente.

Na verdade, seja quando se fala em e-mail de boas-vindas ou qualquer outro tipo de e-mail marketing é importante ter uma certa frequência. Assim, preparei para você um cronograma de envio de e-mail de boas-vindas aos novos assinantes que vai te ajudar a ver como a frequência de e-mails começa a diminuir ao longo do período de boas-vindas, que dura dois meses:

  • E-mail 1: Imediatamente após receber o endereço de e-mail de um assinante
  • E-mail 2: 3 dias depois de receber o endereço de e-mail
  • E-mail 3: 8 dias depois de receber o endereço de e-mail
  • E-mail 4: 15 dias depois de receber o endereço de e-mail
  • E-mail 5: 30 dias depois de receber o endereço de e-mail
  • E-mail 6: 45 dias depois de receber o endereço de e-mail
  • E-mail 7: 60 dias depois de receber o endereço de e-mail

É claro que esse cronograma pode ser alterado, a depender da segmentação da sua lista de e-mail, do perfil do seu público-alvo ou até mesmo da disponibilidade de recursos que tenha disponível.

Mas, de toda forma, é importante manter certa periodicidade. Além disso, você pode optar por encaminhar um único e-mail de boas-vindas ou vários e-mails.

Caso ainda não tenha uma campanha de boas-vindas, saiba que você pode estar perdendo uma ótima oportunidade de aumentar a taxa de abertura, recepção e a interação do seu público para com o seu produto ou serviço.

Personalize o e-mail de boas-vindas

A personalização também deve ser observada quando se fala em e-mail de boas-vindas, você deve se comunicar de maneira mais próxima possível com seu público-alvo.

Conhecendo bem seu público-alvo será possível personalizar o e-mail deixando-o mais interativo e possibilitando criar um relacionamento duradouro com sua empresa.

Então, não perca tempo. Conheça bem seu público-alvo e crie um e-mail que reflita as preferências, estilo e linguagem que tenha relevância para o seu público alvo, criando um e-mail personalizado.

Permita que o usuário cancele a inscrição

Após a assinatura, em uma média de 48 horas, o usuário se encontrará mais envolvido com a marca, segundo os estudos apontados. Contudo, isso não é uma desculpa para que você não permita que ele cancele a assinatura.

Você já deve ter recebido algum e-mail de boas-vindas e logo em seguida e por algum motivo decidiu cancelar a inscrição. Isso também pode ocorrer com o destinatário dos seus e-mails.

Assim, caso o usuário queira cancelar a inscrição, mesmo após receber o e-mail de boas-vindas, sugiro que você facilite essa ação, deixando claro o meio de cancelar a inscrição no e-mail.

Conclusão

Escrever um bom e-mail de boas-vindas pode aumentar consideravelmente a sua taxa de abertura. Além disso, é um ótimo meio de proporcionar uma boa primeira impressão do assinante com o seu site.

Além disso, o e-mail de boas-vindas, quando bem utilizado e aproveitando a janela de 48 horas após a assinatura do possível cliente, pode aumentar o engajamento do seu público e, por consequência, aumentar a lucratividade do seu negócio.

Você vai precisar, quando for criar um e-mail de boas-vindas, observar algumas práticas recomendadas, como utilizar links para fornecer mais informações, ter um e-mail que seja responsivo a dispositivos móveis, escalar seus e-mails, manter a frequência, personalizá-lo e possibilitar que os assinantes recém chegados, caso queiram, cancelem a inscrição, para não receberem mais seus e-mails.

Deixe uma resposta

Fechar Menu